DSTAT

Hoje vamos falar sobre um ferramenta incrível para monitoramento de recursos, na minha opinião umas das melhores e mais praticas, o dstat.O dstat une várias ferramentas em uma só, faz monitoramento de CPU, discos, rede e processos:

O retorno padrão do dstat (imagem acima) é divido por categorias e tem uma taxa de atualização de aproximadamente 1 segundo:

Total Usage ou seja uso de processamento onde:

usr: Usuário

sys: Sistema

idl: processos ocioso (zombie)

wait: processos aguardado

stl: processos hypervisor ( a grosso modo voltado para processos de Vms)

 

Dsk/total: Uso de discos

read: Leitura

writ: escrita

 

net/total: rede

recv: recebidos

send: enviado

 

Paging: paginação (memória)

in: informações alocadas na memória

out: informações retiradas da memória

 

System: systema

int: interrupções

csw: mudança de contexto

 

Instalção:Ubuntu/Debian: sudo apt update; sudo apt install dstat

Fedora: sudo dnf install dstat

Obs. é possível filtrar o retorno caso necessário como dstat -c, dstat -m, dstat -n, para maiores informações consulte o manual do comando.

Espero que gostem desta dica.

Siga-nos em nossas redes:

Link Facebook: https://www.facebook.com/gnulinuxbr

Atualmente trabalha com suporte em T.I. Instrutor de Informática/Robótica/Programação, entusiasta da tecnologia, Bacharel em Administração formado pelo Grupo Universitário Uninter e colaborador da comunidade GNU/Linux Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *