Desabilitar Endereço IPV6 no Linux

Disable IPv6 on Linux

Vendo se IPV6 está Ativo

Antes de desabilitar é importante verificarmos se realmente o ipv6 está ativo ou não. para isso basta executar “ip a s” ou “ip -br a”. Particularmente, prefiro essa ultima opção por ser resumida.

elder@server02:~$ ip -br a
lo               UNKNOWN        127.0.0.1/8 ::1/128 
enp0s3           UP             192.168.0.41/24 fe80::a00:27ff:fe91:bb50/64 
enp0s8           UP             10.1.1.32/8 fe80::a00:27ff:fe9a:13eb/64 
tun0             UNKNOWN        10.8.0.1 peer 10.8.0.2/32 fe80::3d1c:6830:c26e:c159/64

Acima, tenho 4 conexões de rede: lo, enp0s3, enp0s8 e tun0.  Todas elas estão com endereço ipv4 e ipv6. Os endereços ipv6 eu colori de laranja.

Provavelmente em seu sistema irá aparecer apenas duas dessas conexões,  que são a lo e enp0s3. No meu caso tenho uma segunda placa(enp0s8) de rede e uma vpn(tun0) ativada.

Pode ser que a nomenclatura  mude, ao invés de enp0s3 seu computador poderá está com eth0, por exemplo.

lo: A conexão lo é uma conexão de rede que aponta para a o próprio sistema. Não importa o sitema operacional, todos têm. Quando executamos “ping localhost” ou “ping 127.0.0.1” para testar nossa rede interna é essa conexão lo que entra em ação.

Voltando ao assunto vemos que estou com  ipv6 ativo. Vamos desativá-lo.

 

Desativando IPV6

 

Há duas formas, uma temporária que é desfeita ao reiniciarmos o computador e a outra permanente.

Solução temporária

Basta executarmos o comando “sysctl -w net.ipv6.conf.all.disable_ipv6=1”

elder@server02:~$ sudo sysctl -w net.ipv6.conf.all.disable_ipv6=1

Solução Permanente

Edite o arquivo “/etc/default/grub” com seu editor de texto favorito e substitua

GRUB_CMDLINE_LINUX=””

por

GRUB_CMDLINE_LINUX=”ipv6.disable=1″

Irei editar com o vim

elder@server02:~$ sudo vim /etc/default/grub

Após a alteração execute update-grub e depois reinicie(reboot) o sistema. Em meu computador Debian o update-grub dentro de /usrt/sbin/

elder@server02:~$ sudo /usr/sbin/update-grub2
elder@server02:~$ sudo reboot

 

Observação:

Em distribuições derivados do Red Hat não há o comando update-grub. Nesse caso, após definir  GRUB_CMDLINE_LINUX=”ipv6.disable=1″   execute um dos comandos abaixo:

 

Computadores com BIOS

grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

Computadores com  UEFI

grub2-mkconfig -o /boot/efi/EFI/redhat/grub.cfg

No fedora pode ser assim

sudo grub2-mkconfig -o /boot/efi/EFI/fedora/grub.cfg

Reativar o IPV6

Para reativar basta fazermos o contrário. Nos caso onde desabilitamos temporariamente com o comando abaixo

sysctl -w net.ipv6.conf.all.disable_ipv6=1

é necessário apenas executamos o mesmo comando mas com o valor 0 ao invés de 1; assim:

sysctl -w net.ipv6.conf.all.disable_ipv6=0

Conclusão

Mas por que desabilitar o endereço IPV6? Um dos motivos pode ser a não utilização ainda desse protocolo, visto que ele é novo e ainda não foi adotado para uso durante esse tempo em que digito esse artigo.

Um outro motivo é que o ipv6 pode está dando conexão para algum serviço que já bloqueamos no ipv4.

Leitor voraz e um dos administradores do GNU/Linux Brasil no Whatsapp, facebook, youtube e nesse dito site: www.gnulinuxbrasil.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *